Cursos de Medicina e Fisioterapia da UPE é destaque no Enade 2019

A Universidade de Pernambuco (UPE), única instituição pública universitária do Estado, presente em todas as regiões, conquistou uma marca importante no resultado do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) referente ao ano de 2019, divulgado na última terça-feira (20/10) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).

O curso de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas (FCM), do campus Santo Amaro obteve a nota máxima 5. Com isso, o curso alcançou a 9ª maior nota no exame na categoria dos cursos de medicina. “Diante de tantas dificuldades enfrentadas, nos superamos. Professores e estudantes conseguiram essa nota com o que temos e com o que somos. Estamos de parabéns”, disse a diretora da FCM, professora Dione Maciel.

Além disso, o mesmo curso da unidade de Serra Talhada, no sertão do estado, atingiu a nota 4. “Foi à primeira vez que o curso de Serra Talhada foi avaliado, isso é motivo de alegria para todos nós”, disse o Pró-Reitor de Graduação da instituição, Ernani Martins. A colação de grau da primeira turma do curso aconteceu em agosto de 2019. 

E as conquistas não acabam por aqui. O curso de Fisioterapia, do campus Petrolina, também recebeu a maior nota, 5. O que comprova a consolidação da interiorização da UPE. “Unimos todos os esforços e chegamos a esse resultado. É muito gratificante vê o nosso trabalho reconhecido”, ressaltou o ex-coordenador do curso, professor Victor Ribeiro Neves.

Vale acrescentar que Medicina do campus Garanhuns aumentou a nota de 3 para 4. “ Crescemos. Isso nos dá motivação para seguirmos em frente com o compromisso de levar um ensino de qualidade aos nossos alunos”, frisou a diretora da unidade, professora Rosângela Falcão.

“ Estamos colhendo os frutos de tudo o que estamos desenvolvendo na UPE. Ter os três cursos de medicina e de fisioterapia como destaque no estado e no país é motivo de orgulho. São muitos desafios. Mas, estamos tendo a oportunidade de realizar sonhos, dos nossos alunos se formarem e se especializarem em suas cidades. Só felicidade e a certeza que estamos no caminho certo”, destacou o reitor da instituição, professor Pedro Falcão.