Aluno de Direito da UPE tem projeto aprovado em evento jurídico

O discente Antônio Carlos Novaes, pesquisador do Grupo Veredas de Criminologia, do campus Arcoverde da Universidade de Pernambuco foi  agraciado com o prêmio de melhor pesquisa de iniciação científica na área de ciências criminais, conferido pela Coordenação Nacional do Laboratório de Ciências Criminais do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM) durante o Lab 2021.

O Lab 2021 contou com a participação de mais de 800 estudantes. Os melhores trabalhos integrarão o livro comemorativo Lab 20 anos, que ainda está em construção. Os estudantes poderão apresentar também seus trabalhos no Simpósio Nacional do Laboratório de Ciências Criminais em data a ser divulgada oportunamente.

Antônio Carlos é orientado pelo professor de direito penal da UPE, Cristhovão Gonçalves do Programa Institucional de Bolsas Institucional de Iniciação Científica (Pibic) com pesquisa intitulada “Entre Práticas Policiais e Chancelas do Judiciário: uma análise empírica da influência da cultura de metas policiais do Pacto Pela Vida na criação de flagrantes forjados no estado de Pernambuco”. O discente também é monitor da disciplina de direito penal especial 2, orientado pelo Prof. Homero Bezerra.

“A premiação vem coroar a excelente trajetória acadêmica do discente e atesta a qualidade acadêmica do Curso de Direito do Campus Arcoverde”, destaca o professor Cristhovão Gonçalves.

Para saber mais sobre os trabalhos aprovador acesse: https://www.ibccrim.org.br/noticias/exibir/8881